Sistemas de Arquivos

Todos nós sabemos que dados, sejam eles partes de programas ou dados propriamente ditos, como um texto ou uma planilha, devem ser gravados em um sistema de memória massivo, pois a RAM é apagada toda vez que desligamos o micro.

A maneira como os arquivos(dados) são armazenados e manipulados dentro de um disco vai de acordo com o SO.

Na maioria das vezes, um disco é dividido em pequenas porções chamandas setores. Dentro de cada setor cabem 512 bytes de informação.
Multiplicando-se o número total de setores de um disco por 512 bytes, teremos a sua capacidade de armazenamento.

MS-DOS

FAT-16 –  Neste sistema de arquivos existe uma Tabela de Alocação de Arquivos (File Allocantion Table – FAT) que na verdade é um mapa de utilização do disco. A FAT mapeia a utilização do espaço do disco, ou seja, graças à ela o sistema operacional é capaz de saber onde exatamente no disco um determinado arquivo está armazenado.

LINUX

Ext2 – O sistema de arquivos ext2 é conhecido como “Second Extended FileSystem”. Foi desenvolvido para ser mais “eficiente” que o sistema de arquivos “Minix”, seu antecessor.

O Minix era muito utilizado nas primeiras versões do Linux, e foi utilizado por muitos anos.

O sistema de arquivos ext2 não possui journaling e foi substituído pelo ext3.

Ext3 – O sistema de arquivos ext3 é uma versão do ext2 com suporte a journaling. Portanto, o ext3 tem as mesmas características do ext2, mas com suporte journaling.

Essa característica foi uma evolução e tornou o ext3 um sistema de arquivos muito estável e robusto.

Como no ext3 só foi adicionado o suporte a journaling, podemos converter um sistema de arquivos ext2 para ext3, adicionado suporte a journaling, e também podemos converter um sistema de arquivos ext3 para ext2, removendo o suporte a journaling.

ReiserFS – O sistema de arquivos ReiserFS foi criado recentemente. Mas atualmente quase todas as distribuições Linux o suportam.

Sua performance é muito boa, principalmente para um número muito grande de arquivos pequenos.

ReiserFS também possui suporte a journaling.

XFS – O sistema de arquivos XFS também possui suporte a journaling. Foi desenvolvido originalmente pela Silicon Graphics e posteriormente disponibilizado o código fonte. O XFS é considerado um dos melhores sistemas de arquivos para banco de dados, pois é muito rápido na gravação.

XFS utiliza muitos recursos de cache com memória RAM, e para utilizar XFS é recomendado utilizar sistemas que possuem redundância de energia.

SWAP – SWAP é um espaço reservado para troca de dados com a memória RAM.

Em alguns lugares ele não é mencionado como um Sistema de Arquivos, mas resolvi descrever aqui pois faz parte deste artigo.

VFAT – O sistema de arquivos VFAT é também conhecido como FAT32 (M$ Windows).

O sistema de arquivos VFAT não possui suporte a journaling. É utilizado normalmente para transferir dados entre sistemas M$ Windows e o Linux instalados no mesmo disco, pois pode ser lido e escrito por ambos os sistemas operacionais.

O sistema de arquivos VFAT está longe de ser um sistema de arquivos utilizado para Sistemas Linux, exceto para compartilhamento/compatibilidade entre o M$ Windows e Linux.

Se você utilizar VFAT no Linux, esteja certo de perder alguns atributos, tais como: permissão de execução, links simbólicos, entre outras coisas.

Ambos os sistemas de arquivos ext3 e ReiserFS são maduros o bastante para serem utilizados como padrão no Linux. Esses dois são os mais utilizados pelas distribuições Linux.

Postado por:
Igor Ferreira
Matheus Lima
Matheus Fernando
Ingrid Nascimento
Gabriel Lacerda

About MS-DOS Blog

Trabalho reailizado pelo grupo 4, da turma 1F2, da ETEC Aristóteles Ferreira, 2012, Santos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: